sábado, 16 de abril de 2011

NUTRIÇÃO DAS MÃES DURANTE O PERÍODO DE AMAMENTAÇÃO

O Comitê sobre Condições de Nutrição Durante a Gestação e Lactação (Committee on Nutritional Status During Pregnancy and Lactation) da Academia Nacional de Ciências (National Academy of Sciences) recomenda que as mães em período de amamentação sejam encorajadas a obter seus nutrientes por meio de uma dieta variada e balanceada, ao invés de obtê-la por meio de suplementos de vitaminas e minerais e a ingerir líquidos suficientes para aliviar sua sede. O comitê recomenda quantidades generosas de frutas e vegetais, pães integrais e cereais, laticínios ricos em cálcio e alimentos ricos em proteínas, tais como carnes, peixes e legumes. A sugestão é uma ingestão balanceada e adequada em termos de calorias.
BEBER PARA ALIVIAR A SEDE
As mães em período de amamentação necessitam da ingestão adequada de líquidos para se manter saudáveis e hidratadas. A maior parte dos especialistas recomenda a ingestão de líquidos suficientes para aliviar a sede. Oito copos de líquidos tais como água, leite, suco ou sopa são uma boa meta.
OS ALIMENTOS DA MÃE
As mães em fase de amamentação podem ingerir com segurança qualquer alimento que lhes apeteça. Alguns alimentos podem dar sabor ao leite materno, mas os bebês raramente reagem a esse fato. Se o seu bebê fica inquieto quando você ingere um certo tipo de alimento, tente evitar esse alimento por uns tempos e depois tente novamente e observe se isso se torna um problema. Não há necessidade de limitar sua dieta de uma forma excessiva e você deve manter uma nutrição adequada para você e o seu bebê.
A CAFEÍNA E O ÁLCOOL
Uma mãe em período de amamentação pode consumir com segurança quantidades moderadas de cafeína (como uma ou duas xícaras de café por dia) sem causar danos ao seu bebê. A ingestão excessiva de cafeína pode causar agitação e dificuldade para dormir ao seu bebê. O álcool já foi detectado no leite humano e pode interferir no reflexo de ejeção do leite. O consumo de álcool deve ser evitado durante o período de amamentação. Um aperitivo ocasional que não exceda 60 ml de álcool pode ser seguro, mas você deve consultar o seu médico sobre os riscos associados à ingestão do álcool. Quantidades que excedam 60 ml devem ser definitivamente evitadas.
MEDICAMENTOS NO LEITE MATERNO
A grande maioria dos medicamentos (receitados ou não) passam para o leite materno. As mães em período de amamentação devem consultar seu médico antes de tomar qualquer medicamento. O Comitê de Medicamentos da Academia Americana de Pediatria emite um relatório periódico que contém uma lista de medicamentos e sua compatibilidade com a amamentação. O seu médico e o médico do seu bebê certamente devem estar familiarizados com esta publicação e poderão responder às suas dúvidas sobre a amamentação e a ingestão concomitante de medicamentos.
FONTE: http://adam.sertaoggi.com.br/encyclopedia/ency/article/002454rec.htm

Um comentário:

  1. O leite materno é importante para todos os bebês, principalmente para os que estão internados e não podem ser amamentados pela própria mãe. Toda mãe que amamenta é uma possível doadora de leite humano. Se você está amamentando, procure o banco de leite humano mais próximo e seja uma doadora. Seu gesto pode salvar vidas. Para você é leite. Para a criança é vida!
    Seja um Parceiro da Saúde: utilize o espaço do seu blog e divulgue informações. Entre em contato conosco pelo email: comunicacao@saude.gov.br
    Conheça o Blog da Saúde: www.blog.saude.gov.br e saiba mais. Ou acesse: http://on.fb.me/pzCiri
    Siga-nos no Twitter: www.twitter.com/minsaude
    Atenciosamente,
    Ministério da Saúde

    ResponderExcluir