sexta-feira, 29 de julho de 2011

De que posso brincar com meu filho recém nascido?


Já falamos aqui no blog sobre a importância das brincadeiras na infância (quem não leu o post CLICA AQUI para saber mais). É brincando que a criança aprende, descobre o mundo, se identifica e desenvolve estratégias para superar as dificuldades que encontra na vida.

A imaginação é mágica e deve ser estimulada durante toda a infância, e porque não, durante toda a vida. Mesmo quando adultos, estar conectados com nossa imaginação e nos deixar levar, pode trazer muitos aprendizados importantes, além de ajudar a relaxar e descontrais.

E para brincar com um bebê recém nascido, que está já na infância, e precisa de brincar, é preciso se soltar e entrar no mundo da imaginação. Essa brincadeira é um importante estímulo de linguagem e fundamental para o bom desenvolvimento cognitivo e motor do bebê.

Muitas mães e pais se esquecem de entrar no mundo mágico dos bebês e como eles ainda oferecem pouca interação, acabam deixando ele quietinho no berço ou carinho.

Mas então, como brincar com um recém nascido?

A idéia aqui é que brincadeira é explorar o mundo, então tudo faz parte. E como tudo é novidade para o bebê, vai ser interessante.

Vale contar história e cantar músicas, ou mesmo fazer sons estranhos e engraçados, com a boca ou com objetos (de diferente materiais e formatos). Mesmo que o bebê não entenda ainda o significado das palavras a melodia da voz já o encanta e sons inesperados chamam a atenção. E o que podemos esperar de resposta de um bebê novinho? Qualquer resposta já está valendo! Pode ser uma cara de susto ou riso, um olho arregalado, um prestar atenção!

Caretas engraçadas, mostrar figuras, objetos do dia a dia e brinquedos (de preferência que possam ser levados a boca, já que logo logo uma das respostas esperadas é tentar segurar o objeto apresentado, e logo depois, aprender a explorar com a boca) e sair para passear são outra forma de brincar e estimular. Os bebês vão comer o mundo com os olhos, antes de começar a fazê-lo com a boca! E estimular isso é muito importante! Lembre-se que no primeiro mês eles enxergam melhor a apenas 30 cm de distancia e contrastes de cores e luz são sempre mais interessante. A luz refletindo na água, janela ou espelho é sempre um atrativo infalível.

Estimular o tato também é muito legal! Com massagens, cosquinhas, carinhos e beijos. Ou também colocando o bebê em contato com diferentes superfícies (chão, cama, grama, areia...) em diferentes posições (barriga pra cima, barriga pra baixo, em pé....). As caras de surpresa em cada descoberta da sensação vão ser o mais recompensador.

Lembrem-se que o tempo de atenção deles é pequeno mesmo. Então logo podem cansar da brincadeira ou mesmo mostrarem-se irritados. Ai, tem que seguir inventando do que brincar, com o que estiver a sua volta mesmo. Com o passar dos meses o tempo de atenção aumenta, os interesses crescem, e as respostas e interações são muito mais ricas. Mas para ter intimidade com o bebê e conseguir entrar no seu mundo é preciso se soltar e começar desde cedo!

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Postar um comentário